O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê

Paracetamol na gravidez: Pode ter consequências negativas para o feto, sendo que as mesmas são diferentes quando falamos de meninas e meninos.

O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos diferentes se espera menina ou menino

As mulheres que consomem paracetamol amplamente utilizado para reduzir a febre alta ou aliviar a dor – durante o início da gravidez são seis vezes mais propensas a ver o atraso na habilidade linguística das filhas, avisa um novo estudo.

O acetaminofeno é o ingrediente ativo em Tylenol e centenas de medicamentos de venda livre e de prescrição.

 




Um estudo recente sugeriu que o paracetamol na gravidez pode prejudicar a masculinidade do seu filho ainda por nascer quando o é tomado Paracetamol na gravidez.

De acordo com os pesquisadores da Universidade de Copenhague, a testosterona é a principal hormona sexual masculina que ajuda a desenvolver a programação masculina e masculina do cérebro.

A ingestão materna de acetaminofeno viu uma redução no nível do quociente da inteligência, juntamente com o aumento do atraso da fala, definido como o uso de menos de 50 palavras, pelas crianças.

O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê
O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê

O atraso na comunicação afetou os meninos também, mas foi mais prevalente entre as meninas, o estudo mostrou.

“Dada a prevalência do uso prenatal do paracetamol e a importância do desenvolvimento da linguagem, nossos achados, se replicados, sugerem que as mulheres grávidas devem limitar o uso desse analgésico durante a gravidez”

Disse Shanna Swan, professora da Icahn School of Medicine no Monte Sinai em Nova York, EUA. 

“É importante olhar para o desenvolvimento da fala porque mostrou ser preditivo de outros problemas do desenvolvimento neurológico em crianças “, acrescentou Swan.

O estudo, publicado na revista European Psychiatry, examinou 754 mulheres, que estavam entre as oito a 13 semanas de gravidez.

O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê
O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê

Os pesquisadores pediram aos participantes que relatassem o número de comprimidos de acetaminofeno que haviam tomado entre a concepção e inscrição e testaram a concentração de acetaminofeno na urina na altura da inscrição.

Tanto o número de comprimidos quanto a concentração na urina foram associados a um aumento significativo do atraso na linguagem das meninas, com uma ligeira diminuição nos meninos.

Estudos anteriores descobriram que a o uso em demasia do medicamento para aliviar a dor durante a gravidez também prejudica a fertilidade das filhas.

O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê
O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê

Já com relação aos meninos e sua masculinidade um outro estudo revelou que a diminuição de níveis de testosterona ainda no estado fetal prejudica o desenvolvimento de comportamentos masculinos.

O pesquisador David Møbjerg Kristensen disse que um nível reduzido de testosterona no estágio fetal também é significativo para os comportamentos de machos adultos.

Kristensen acrescentou ainda que um nível reduzido de testosterona significa que as características masculinas não se desenvolvem como deveriam. Isso também afeta o desejo sexual.

A programação masculina não foi devidamente estabelecida durante o desenvolvimento fetal, o que pode ser observado muito tempo depois na vida adulta.

A equipe analisou comportamentos masculinos em ratos de laboratório que envolvem:

O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê
O paracetamol na gravidez | Pode ter efeitos não esperados no seu bebê
  • agressividade 
  • capacidade de copular
  • necessidade de marcação territorial

Os ratos reagiram de forma mais passiva do que o normal para os três parâmetros.

Não atacaram outros machos, não conseguiram copular e se comportaram mais como ratos fêmeas quando se trata de marcação territorial urinária.

Outro pesquisador, Anders Hay-Schmidt, explicou que a área do cérebro que controla o desejo sexual – o núcleo dimórfico sexual – tinha metade dos neurônios nos ratos que receberam paracetamol como ratos de controle.

A inibição da testosterona também levou a uma redução da metade da atividade em uma área do cérebro que é significativa para características masculinas.

Relacionado:

9 Dicas Dos Principais Cuidados Com o Recém-nascido

Os principais cuidados a ter com o calor durante a gestação

Parto Normal| Veja os principais cuidados com a Episiotomia

Cuidados Com os Seios Durante a Gravidez

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *