Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar após o nascimento | Maternidade

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: A tristeza do primeiros dias

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Aceite ajuda
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: A tristeza do primeiros dias

Três a cinco dias após o nascimento do bebé é possível que se sinta deprimida e com vontade de chorar, emocionalmente instável, ora cheia de raiva ora triste ou até mesmo ansiosa.

Cerca de 70% de todas as mães passam por isso.

Julga-se que está instabilidade emocional esteja ligada às súbitas mudanças a nível hormonal.

Na maioria dos casos, esta situação dura pouco tempo- de algumas horas a uma semana inteira- e não precisa de tratamento especial.

Relacionado: Conhece os Sintomas Da Depressão Pós-parto?

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Depressão pós-parto

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Depressão pós-parto
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Depressão pós-parto

Em termos estatísticos, uma a cada dez mulheres sofre depressões após o parto.

Esta situação desenvolve-se habitualmente após a saída do hospital, mas pode ocorrer ao longo de todo o primeiro ano após o nascimento.

Não é habitual reconhecer de imediato os seguintes sintomas:

  • Vontade de chorar
  • Profundo abatimento
  • Sensação de desespero
  • Nervosismo
  • Dificuldade de concentração e perda de memória
  • Perda de noção de tempo
  • Sensação de incapacidade
  • Insónias
  • sensação de irrealidade
  • Nível de atividade muito elevado
  • Dores físicas ou sensação de mal estar
  • Desinteresse a nível sexual
  • Medos infundados em relação à sua própria saúde e do bebé
  • Indiferença em relação ao bebé

Se julga que pode estar a sofrer de uma depressão pós-parto, não tente resolver sozinha.

Juntamente com o seu parceiro ou uma familiar desloque-se ao médico em procura de ajuda. É uma doença que precisa de tratamento adequado.

Relacionado: Depressão Pós-Parto | O Bébe Nasceu! NÃO Estou e NÃO Sou Feliz!

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: incontinência de esforço e perdas de urina

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: incontinência de esforço e perdas de urina
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: incontinência de esforço e perdas de urina

Algumas mulheres têm durante a gravidez perdas de pequena quantidade de urina, quando riem vigorosamente ou tossem. 

Esta incontinência, que leva a perdas involuntárias de urina, poderá começar logo quando o efeito das hormonas da gravidez começa a fazer o seu “trabalho”, que relaxam a musculatura da bexiga.

Quando a incontinência de dá no final da gravidez, algumas mulheres pensam que se trata de liquido amniótico resultante do rebentamento das águas.

Em regra geral: A incontinência deixa de se sentir após o nascimento do bebé.

No entanto, o mais frequente é a incontinência verificar-se após o nascimento, por os músculos do pavimento pélvico terem sofrido um esforço de estiramento muito forte durante o parto.

Exercícios que visem tonificar estes músculos podem ajudar a recuperar a firmeza do pavimento pélvico e esta situação tende a desaparecer nos meses seguintes ao parto

Relacionado: Exercícios de Kegel | 10 segundos que vão melhorar a vida sexual (fortalecer o pavimento pélvico e estreitar a vagina)

Se alguns meses após o parto a incontinência persistir deverá ir ao médico para lhe prescrever um tratamento adequado.

Ainda que raro, pode acontecer que os músculos da bexiga e uretra tenham sido de tal modo solicitados por uma anestesia epidural, por um parto com forceps ou por uma cesariana que as fibras musculares inchem e se contraiam.

Isso pode levar à retenção de urina.

Nesta situação pode ser feita a correção através de introdução de um pequeno cateter, que restabelece a tensão normal.

Se as paredes da bexiga estiverem irritadas por uma infecção ou por qualquer traumatismo ocorrido durante o nascimento, esta pode tornar-se muito sensível e contrair-se.

Relacionado: Candidíase e Candidíase na Gravidez, sintomas previna-se

Relacionado: Tratamentos naturais para a candidíase e acabar com os incómodos

Quando a urina é conduzida dos rins para a bexiga, esta irrita os nervos na parede da bexiga, provando a sensação de estar cheia e surge a vontade de micção.

Em casos mais graves pode mesmo provocar a incontinência.

Uma vez que a origem da incontinência são frequentemente infecções na bexiga, a mesma fica resolvida com o uso de antibióticos na maioria das vezes.

Caso contrário terá de aguardar até que os efeitos da contusão tenham passado.

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Exame pós-natal

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Exame pós-natal
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Exame pós-natal

6 a 8 semanas depois do parto deverá efetuar um exame pós-natal com o seu ginecologista.

Não se esqueça de levar o seu boletim de grávida:

Este tem dados relevantes acerca do decurso da gravidez, no nascimento e das primeiras consultas de rotina do seu filho.

No decurso desta consulta o médico irá verificar:

  • Se o útero voltou ao normal
  • Eventuais suturas e como esta a cicatrização
  • Irá pedir analises de sangue e urina

Esta consulta é um chance de falar de eventuais problemas que sinta ou incómodos.

Relacionado: 49% das novas mamães não voltam ao obstetra no pós-parto

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Cuidados com a sua pele e Cabelo

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Cuidados com a sua pele e Cabelo
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Cuidados com a sua pele e Cabelo

 

O bebé nasceu e deve promover a recuperação das estrias provocadas pela gravidez com  a utilização de um creme ou de oléos específicos e de massagens.

Passados dois ou três meses do nascimento, muitas mulheres constatam que o seu cabelo se apresenta seco e com tendência para cair.

O motivo são as transformações hormonais que visam repor o seu corpo ao estado que estava antes de gravidez.

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Alimentação

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Alimentação
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Alimentação

Ainda que queira rapidamente recuperar a sua figura de antes de estar grávida, o periodo logo a seguir ao parto não é apropriado para começar dietas.

Deverá nesta altura manter uma alimentação equilibrada e rica em vitaminas que vinha fazendo durante a gravidez.

Relacionado: Alimentação na Gravidez | Nutrientes Essenciais para Mãe e Bebé (parte II)

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Minerais

O corpo humano precisa de 40 nutrientes diferentes para se manter saudável e resistente.

Entre eles contam-se as vitaminas e os minerais.

Normalmente ingerimos qualquer deles nos alimentos que comemos, porém poderá ser necessário tomar suplementos nutricionais aconselhe-se com o seu médico.

Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar:
Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar: Alimentação

Uma ingestão insuficiente destes nutrientes ode ser um fator de risco e pode ser responsável pelo surgimento de situações como:

  • Fraqueza
  • falta de apetite
  • sentimentos depressivos
  • irritabilidade
  • fadiga
  • insonias
  • falta de motivação
  • problemas de pele
  • falta ou excesso de peso
  • distúrbios graves no metabolismo

Para prevenir qualquer carência recomenda-se a ingestão de minerais e vitamínicos.

Cálcio: se o corpo não receber cálcio em quantidades suficientes através da alimentação, o corpo irá buscar o necessário às reservas que temos nos ossos. 

E assim acabamos a revisão do que deverá ter em conta assim que se torna mãe e os cuidados fundamentais para a Saúde Pós-Parto recuperar o bem-estar

Relacionado:

Siglas dos Exames Gestacionais e Linguagem de Mãe

Parto Normal| Veja os principais cuidados com a Episiotomia

Cesariana Como evitar Infecções | Cuidado pós-parto

Exercício pós-parto | Treino com metas atingíveis

Mãe Vamos a Um Makeover? Cirurgias plásticas pós-parto

 

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *